Pais e Filhos

Você já parou e observou ao seu redor, que a cada dia se torna mais raro encontrar jovens que sejam satisfeitos com o relacionamento que consegue manter com seus pais, tem sido cada vez mais frequente o confronto que ambos (pais e filhos) enfrentam por conta do abismo entre as gerações, e esta diferença discrepante entre pais e filhos se solidifica em forma de: brigas, rebeldia, indiferença, divergências de pensamentos e até a separação.

Na maior parte dos lares pais e filhos apenas se toleram para conviver bem, está cada vez mais difícil encontrar uma relação que seja como amigos de verdade, que tenha liberdade de expressão, onde se pode compartilhar sobre suas rotinas diárias, sonhos, preocupações, e ate mesmo pedir um conselho, de uma forma geral, a maior parte dos filhos ama seus pais, mas os acha ultrapassados e chatos, e existem motivos incontáveis para esse sentimento, como por exemplo: cobrança a todo o momento falta de dialogo, acusações, proibições sem explicações, falta de carinho, agressões verbais e até mesmo físicas na hora da correção. E do outro lado os pais justificam suas ações pela rebeldia e comportamento inadequado que os filhos começam a apresentar repentinamente, e que eles não conseguem entender tais comportamentos, geralmente dizem: “Nunca ensinei meu filho a ser assim”.

 

532c8908d536eeafe91081eb7bfaf55e

 

A conclusão que podemos ter com essa realidade com certeza é que o inimigo encontrou uma grande brecha para entrar nos lares e exercer o plano dele: destruir a família, que é gerada no coração do Pai, todos nós sabemos como o Senhor se alegra na constituição de famílias, e sabemos mais ainda que ele tem o melhor, que existem heranças incríveis para as famílias que conseguem viver de acordo com os princípios que ele nos deixou, e a partir desse

ponto digo: “ que os filhos merecem muito, mas só os pais merecem tudo”, é impossível em uma guerra o soldado discutir as ordens do general, ele simplesmente tem que obedecer, sem saber se a estratégia dará certo ou errado, pois qualquer que seja o final, a responsabilidade será do general, dessa mesma forma deve ser a relação entre pais e filhos, cabe aos pais dirigir a casa, e cabe aos filhos usufruir as bênçãos da obediência, e se der algo errado, as consequências cairão sobre os ombros dos pais, mas se der certo eles serão merecedores de aplausos e reconhecimentos.

Na Bíblia, em Lucas 15.11-32, está escrita a historia sobre o filho pródigo, e se estudarmos mais a fundo, podemos entender que o filho pródigo, não é aquele que vai embora, mas sim o que se envergonha dos pais, vive revoltado com eles. Ser filho pródigo e ter um coração voltado contra seus pais, os filhos sempre tenta provar como seus pais merecem ser tratados da forma como agem, mas a Bíblia nos ensina em Efésios 6.1-4, sobre a importância de obedecer e honrar aos pais, e isso não se limita apenas para pais cristãos, esse é o primeiro mandamento que Deus nos deixou como promessa. Obedecer significa fazer além do que lhe foi pedido de coração, porque sabe que agradará aos pais, e Honrar é mostrar para as pessoas que tem orgulho dos pais e que um dia quer ser como eles. Talvez você esteja lendo esse artigo, e esteja pensando quão difícil é essa tarefa de obedecer e honrar, mas se você

colocar a partir de hoje Deus em suas decisões e atitudes, vai ver como será mais fácil do que você imaginou, sempre digo que o Pai não nos dá tarefa maior do que a nossa capacidade, e se ele deixou esse mandamento, é porque confia em você, e sabe que consegue ser eficaz nessa tarefa, não deixe para amanha o que se pode começar a mudar hoje, é simples apenas o convide para fazer parte das suas escolhas e atitudes e Ele te conduzirá por toda a sua trajetória.