O Reino de Deus

“Ele, respondendo, disse-lhes: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado” (Mateus 13:11)

A definição da palavra mistério é: algo oculto; escondido; não revelado; ou dogma ou objeto de fé religiosa inacessível a razão; o que é incompreensível; segredo; enigma.

O reino de Deus tem segredos, enigmas. E quais são os mistérios do reino? São as verdades das escrituras. O fato de estarem escondidas significa que não nos são entregues de mão beijada. Há um preço a ser pago. Mas Deus deseja que cheguemos a conhecer estes mistérios!

Conseguimos perceber isto quando Davi declaroupelo Espírito Santo “O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.” (Salmo 25:14)

“Porque tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam.” (Hebreus 10:1)

“Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo, Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência.” (Colossenses 2:2-3)

Um contato distante com Jesus jamais revelará os tesouros escondidos! Precisamos sair do comodismo para tomar posse destes conhecimentos, há mistérios no Reino. Não são verdades novas! são antigas, elas são uma novidade para os nossos dias pelo simples fato de que estão sendo restauradas, restituídas por Deus, uma vez que a busquemos.

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.” (João 14:14)

0232ce210a4393256d07cabce5208499

 

A palavra revelação tem como significado a remoção da nossa limitação natural, para que através de um entendimento espiritual, possamos conhecer e entender verdades outrora ocultas.

“Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei.” (Salmo 119:18)

“Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo,De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra” (Efésios 1:9-10)

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.” (Colossenses 1:16-17)

“O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória” (Colossenses 1:26-27)

“Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso? Porque a minha mão fez todas estas coisas, e assim todas elas foram feitas, diz o Senhor; mas para esse olharei, para o pobre e abatido de espírito, e que treme da minha palavra.” (Isaías 66:1-2 )

Qual é o lugar do meu repouso? Nosso Deus é tão poderoso que não dorme e não se cansa. Deus sempre quis morar com o homem. No jardim ele deixava tudo no céu para falar com o homem.

…mas para esse olharei, para o pobre e abatido de espírito, e que treme da minha palavra.

“Eu procuro alguém com o coração quebrantado.” (Salmo 51:17)

 

Abraços,

Pr. Paulo